sexta-feira, 2 de maio de 2014

Papa Francisco aos jovens: Qual é a sua atitude frente ao encontro com Cristo?

O Papa Francisco enviou no sábado uma videomensagem aos 10.000 jovens que participaram da Jornada Regional da Juventude em Buenos Aires (Argentina), para chamá-los a perguntar-se qual é sua atitude frente ao encontro com Cristo e a alentá-los a confiar na misericórdia de Deus, que “aproveita nossos fracassos para falar ao nosso coração”.
“Quem é você? O entusiasta, como os primeiro apóstolos, antes de iniciar o caminho? O que quer seguir Jesus porque gosta, mas está apegado a tantas coisas que o atam e não o pode seguir, como o jovem rico, ao mundanismo, a tantas coisas? Como aquele que gastou toda a herança do seu pai, mas que se animou a voltar e está sentindo neste momento o abraço da misericórdia? Ou está morto? Se estiver morto, saiba que a Mãe Igreja está chorando por você, e Jesus é capaz de te ressuscitar. Dizei-me, quem é você? Diga para você mesmo e isso vai te dar força”, expressou o Papa aos jovens.
“Quero acompanhá-los um instante nesta jornada, nesta Páscoa da Juventude”.
“Não tenham medo de nada, sejam livres. Pensando no que dizer a vocês, me veio à mente a figura de alguns jovens do Evangelho, alguns que cruzaram com Jesus, outros que falaram com Ele. Quem sabe isso pode ajudá-los”, disse Francisco.
O Santo Padre assinalou que entre os apóstolos uns eram jovens como João, que “era um menino. E ficaram comovidos pela figura de Jesus, entusiasmados, com esse entusiasmo que nasce quando alguém se encontra com Jesus. E vão correndo e dizem aos amigos: Encontramos o Messias! Encontramos aquele de quem falavam os profetas!”.
Entretanto, recordou, depois fraquejaram, pois “Pedro o negou, Judas o traiu” e, outros escaparam. “Quer dizer, depois vem a luta por ser fiéis a esse encontro”.
Logo se referiu ao jovem rico que tinha uma vida irrepreensível, “um moço bom”, mas que vai embora triste quando Jesus lhe convida a dar tudo o que tem para ir com Ele para pregar o Evangelho. “Foi triste porque tinha muitos bens e não se animou a deixá-los por Jesus (…). Os primeiros estavam com sua alegria, com essa bela alegria que dava o encontro com Jesus. Este foi embora com a sua tristeza”, assinalou.
Na sua mensagem Francisco também recordou o filho pródigo que exigiu sua parte da herança, depois que o dinheiro acabou e fez a experiência da fome. Mas ao reconhecer que tinha errado, voltou à casa do pai, foi recebido com festa e fez a melhor experiência: a do abraço da misericórdia.
Finalmente, o Papa recordou o jovem morto que Cristo encontrou “à saída da cidade de Naim, quando o foram enterrar: filho único de mãe viúva. Jesus se compadeceu da mãe, não do menino. Mas o menino, graças à mãe, teve o milagre e o ressuscitou”.
Ao fim do vídeo, ele exortou os jovens a se encontrarem com Jesus e, mesmo se se sentem pecadores, terem a certeza do perdão de Deus.

“Que cada um de vocês se encontre com Jesus, com esse Jesus ressuscitado. E digo uma coisa a vocês: Não tenham medo! Olhem para Jesus, olhem para Maria e sigam adiante! ‘Padre, sou pecador, sou pecadora!’. Ele os perdoa! Sigam adiante, tenham uma santa Páscoa e não se esqueçam de rezar por mim”.
Fonte: Aci Digital

Um comentário:

  1. Ótimo post!!!
    Nada nos separará do Amor do Nosso Pai. Ele é nossa pedra angular, nosso fundamento e razão de ser.
    http://botefeamor.blogspot.com.br/
    Abraços Fraternos

    ResponderExcluir